Adata lança módulos de memória XPG Spectrix D60G DDR4 com clocks de até 4133MHz

A fabricante Adata anunciou seu novo módulo de memória RAM XPG Spectrix D60G DDR4 de alto desempenho, que trazem uma grande área de superfície de iluminação LED RGB e frequências de 3200MHz até 4133MHz. Para permitir que o usuário faça esse overclock de maneira facilitada, as novas memórias chegam com suporte para a tecnologia de perfis Intel XMP 2.0.

De acordo com a empresa, esses são os módulos de RAM com a maior superfície de área de iluminação colorida do mercado. Isso só foi possível por utilizar um design único com dois difusores de luz RGB. Ainda segundo a Adata, o XPG Spectrix D60G inclui mais iluminação RGB por mm2 do que qualquer outra opção de memória RAM do mercado.

Site oficial: XPG Spectrix D60G DDR4

O resultado final é um módulo que possui 60% de sua área total iluminada, com o projeto dos difusores sendo extra amplo para maximizar o efeito. Isso permite o uso de efeitos multi-coloridos onde as cores parecem fluir de um lado para o outro do hardware, como se fossem um líquido.

A iluminação RGB do XPG Spectrix D60G é programável, permitindo que os usuários customizem seus efeitos. Isso inclui a possibilidade de gerenciar padrões, velocidade de pulso, intensidade de iluminação e outras características. Esse controle pode ser operado através do aplicativo XPG RGB Sync. Mais do que isso: quem tiver uma placa-mãe de uma das principais fabricantes do mercado com seu próprio software de controle de luz poderá usar opções como o Asus Aura Sync ou o Gigabyte RGB Fusion.

Na parte da qualidade de construção, de acordo com a companhia, a nova memória RAM da Adata é construída com chips de alta qualidade e um dissipador de calor de metal para trazer uma melhor integridade, confiabilidade e estabilidade. Com isso, a promessa é de uma maior vida útil para o produto. Para completar, o recurso Intel Extreme Memory Profiles (XMP) 2.0 permite rápido overclock da memória diretamente através do próprio sistema operacional, ao invés de precisar ir até a BIOS.

Via: TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O gameplay de Marvel’s Avengers mudou sua primeira impressão do jogo?