PCIe 4.0 deve chegar ao mercado em julho, depois do lançamento do PCIe 5.0

A nova geração do padrão de comunicação Peripheral Component Interconnect-Express, o PCIe 4.0, tem sua chegada prevista para julho de 2019 de acordo com o site Tom's Hardware – o que pode acontecer depois do lançamento do seu sucessor, o PCIe 5.0. Segundo a publicação, em comparação com PCIe 3.0, o PCIe 4.0 terá o dobro da largura de banda disponível para dispositivos como placas de vídeo, HDs, SSDs, placas de Wi-Fi e placas Ethernet.

Isso significa que uma entrada PCIe 4.0 x4 teria o mesmo desempenho de um conector PCIe 3.0 x8, enquanto o novo x8 seria equivalente ao antigo x16 e assim em diante. Mesmo assim, a nova geração do padrão irá manter a tradição de ter retrocompatibilidade com edições passadas e de ser compatível com novas tecnologias que surgirem.

Um dessas tecnologias será o PCI-Express 5.0, que já teve sua especificação finalizada em 2018 e deverá ser lançada antes mesmo da chegada do PCIe 4.0 ao mercado. Isso aconteceu porque o tempo de desenvolvimento da 4ª geração acabou sendo muito maior do que o esperado, com suas especificações sendo finalizadas somente 7 anos depois da chegada da versão anterior.

A expectativa é de que as placas-mãe com chipset AMD X570 – criadas para as CPUs Ryzen 3000 – seriam as primeiras a trazer a interface PCIe 4.0. Depois disso, a expectativa é de que os fabricantes de placas-mãe irão atualizar seus modelos das séries 300 e 400 com suporte parcial para a nova tecnologia. De acordo com a notícia, isso significa que quem fizer update da BIOS terá um slot principal do tipo PCIe 4.0 x16, com o resto sendo limitados a PCIe 3.0.

Em janeiro de 2019, a fabricante Phison realizou uma demonstração do primeiro SSD do mundo com suporte para a tecnologia PCIe 4.0. Ele trazia velocidades de leitura de 4GB/s e de escrita de 4,2GB/s, utilizando uma tecnologia flash TLC de 96 camadas da Micron.

A expectativa, porém, é de que o produto final irá trocar para o chip flash BICS 4 da Toshiba. Caso faça isso, a Phison iria lançar um SSD com 4,8GB/s de velocidade de leitura sequencial e 4,4GB/s de escrita sequencial.

Via: Toms Hardware
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.