AMD ganha disputa judicial sobre LG e garante o direito de três patentes gráficas

Nesta semana a AMD comemorou a vitória judicial sobre a LG e conseguiu recuperar o direitos de três patentes gráficas que estavam sob o domínio da sul-coreana. 

Depois do órgão que regulamenta as questões de patenteabilidade nos Estados Unidos, Patent Trial and Appeal Board (PTAB), decidir que a até então subsidiária da AMD, ATI Technologies, não tinha direito a propriedade das patentes, a AMD recorreu ao Tribunal de Apelação para o Circuito Federal e conseguiu reverter o caso.

A decisão foi unânime para os três juízes que trabalharam no processo e as patentes 7.742.053, 6.897.871 e 7.327.369, referentes a tecnologias de shaders unificados, voltaram para as mãos da AMD, com a alegação de que as patentes foram criadas pela ATI e a LG não tinha investimentos específicos suficientes para chegar a patentes tão avançadas sem ter passado por alguns processos importantes.  

CPUs AMD Ryzen vendem duas vezes mais que Intel em varejista alemã

Se caso a AMD não tivesse recuperado essas patentes outras empresas poderiam aproveitar para criar recursos gráficos baseados nessas tecnologias e o prejuízo poderia ser grande para os investimentos tecnológicos das próximas GPUs da empresa.

Via: Techpowerup, tomshardware
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo