Novos home theaters da Sony reproduzem Blu-rays 3D

A Sony acredita que a tecnologia 3D é o caminho de agora em diante quando se fala em inovação tecnológica. Com isso em mente, a companhia amplia seu portfólio 3D e traz aos consumidores brasileiros novos home theaters com Blu-ray 3D.

Os modelos BDV-E970W, BDV-F500 e BDV-E370 têm em comum a tecnologia DLNA, que permite o acesso a pastas e o streaming de vídeos, músicas e fotos que estão no computador.



Os equipamentos ainda permitem que o iPhone ou iPod Touch sejam usados como controle remoto, bastando instalar o aplicativo gratuito BD Remote, desde que o usuÁrio tenha o USB WiFi vendido separadamente. O acessório ainda possibilita a conexão com a Internet através da função Bravia Internet Video, que dÁ acesso aos portais internacionais e locais como iG, YouTube, My Play, entre outros.

Para quem busca alta potência sonora, os modelos HT BDV-E970W e BDV-E370 contam com 1000W e 850W RMS, respectivamente, distribuídos em 5.1 canais. Ambos permitem a conexão sem fio das caixas, no entanto, apenas o HT BDV-E970W traz incluso o acessório necessÁrio para essa funcionalidade, o Kit S-Air. Por fim, o BDV-F500 é um modelo mais simples, com sistema de Áudio de 2.1 canais com potência de 350W RMS.

Todos os modelos, além de reproduzirem Blu-ray 3D, também são compatíveis com discos Blu-ray convencionais 2D, DVDs, CDs e os formatos de vídeo MPEG-1 Video/PS, MPEG-2 Video/OS, TS (.mpg, .mpeg, .m2ts, .mts), DivX (.avi, .div, divx), MPEG4/AVC (.mkv, .mp4, .m4v, .m2ts, .mts), WMV9 (.wmv, ..asf) e AVCHD; arquivos musicais MP3 – MPEG -1 Audio Layer III (.mp3), AAC (..m4a), WMA9 Standard (.wma) e LPCM (.wav); e fotos JPEG (.jpg, .jpeg, .jpe).

Os preços sugeridos para os aparelhos são: R$ 1.999 para o BDV-E370 e BDV-F500 e R$ 2.899 para o BDV-E970W. Todos os produtos podem ser adquiridos pelo site www.sonystyle.com.br ou em revendas autorizadas.

Assuntos
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.