Grupo de desenvolvedores de jogos da CD Projekt corresponde a 65% dos funcionários totais

A CD Projekt Red liberou um relatório completo sobre os avanços em 2018, e entre eles está a relação com os funcionários para seguir com os projetos da desenvolvedora. Apesar dos problemas enfrentados com a GOG.com, o número total de contratações aumentou de 2017 para 2018 e novos investimentos foram feitos para melhorar a qualidade e a quantidade dos games da empresa.

Relatório completo da CD Projekt Red

O Cyberpunk 2077 é um dos jogos mais queridos já feitos pela CD Projekt, e para seguir com o sucesso que ele faz entre os gamers a empresa investiu ainda mais pessoal para dar continuidade. A empresa abriu um novo estúdio em Wroclaw e aumentou em 19% os seus funcionários, de 783 em 2017 passou para 883 funcionários em 2018, que são divididos em 79%, ou 698 trabalham na CD Projekt, enquanto 21% são funcionários da GOG.com (dados relacionados a 2018, em fevereiro de 2019 a GOG.com anunciou um grande número de demissões).

Relatório financeiro de 2018 da CD Projekt Red mostra baixo lucro da GOG.com

Para ter dimensão de como a  CD Projekt fechou o ano de 2018, dos 883 funcionários totais, 65% são desenvolvedores. Isso quer dizer que a empresa conta atualmente com 557 desenvolvedores de jogos trabalhando em seus projetos, incluindo o Cyberpunk 2077.

"O crescimento dinâmico na empregabilidade do Grupo observado em 2018 se deve a uma expansão das atividades do Grupo e no aumento de seus projetos em desenvolvimento. A estratégia da CD Pojekt Red Capital Group para de 2016 a 2021 estipula que até 2021 o Grupo terá estabelecido dois grandes times de desenvolvimento e dois menores, cada um trabalhando num projeto independente."

Os planos da empresa portanto incluem dividir o total de seu pessoal em quatro equipes de desenvolvedores que irão trabalhar em conjunto em 2021. o CD Projekt RED quer que cada equipe tenha o seu próprio projeto para se concentrar. O que nos indica que o RPG de AAA misterioso, que está sendo muito aguardado, é quase certo para o próximo ano.

Via: tweaktown
Assuntos
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Half-Life veio, e é em realidade virtual. Agora embala os óculos de realidade virtual?