Updates de BIOS para Ryzen 3000 dão pistas sobre opções de overclock e tweaks

As fabricantes de placas-mãe, como Asus e MSI, começaram a lançar os primeiros updates de BIOS para suportar a nova geração de processadores AMD Ryzen 3000, que chegarão com base na nova arquitetura Zen 2. Dentro do código-fonte dessas atualizações, foram encontradas menções a novas opções de overclock e de tweaks.

Análise: AMD Ryzen 7 2700

Usando o firmware Agesa 0.0.7.x para analisar as novas BIOS, a equipe do site TechPowerUp foi capaz de encontrar uma série novos controles e opções que serão exclusivos para as novas peças de hardware. Para começar, a AMD mudou o título da seção CBS de "Zen Common Options" (Opções Comuns Zen em tradução livre) para "Valhalla Common Options" (Opções Comuns Valhalla). Valhalla seria o codinome da plataforma dos processadores Ryzen de 3ª geração.

Análise: AMD Ryzen Threadripper 2970WX

Diferentemente do que acontecia em gerações anteriores, as novas BIOS agora trazem opções de UCLK para a frequência das memórias. Ela permite escolher entre "auto", "UCLK = MEMCLK" e "ULCK = MEMCLK/2". De acordo com a notícia, essas opções devem permitir reduzir a largura de banda da conexão Infinity Fabric para permitir um overclock das memórias com maior estabilidade. Os processadores AMD Ryzen 3000 devem utilizar o Infinity Fabric para criar módulos com múltiplos chips, como já acontece com modelos Threadripper e Epyc.

Site oficial: processadores AMD Ryzen

Enquanto isso, a opção de Precision Boost Overdrive também deve ganhar um controle mais refinado dentro da própria BIOS. A AMD estaria promovendo mudanças significativas para tornar a configuração mais flexível, assim como melhorar o algoritmo. Mais informações devem surgir conforme o lançamento dos produtos se aproxima.

Via: TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?