Firestorm: Battle Royale de Battlefield V ganha gameplay mostrando seus diferenciais

O modo Battle Royale de Battlefield V está prestes a chegar depois de meses de espera e a EA revelou mais informações para levantar o hype de seus jogadores. 

O chamada Firestorm colocará 64 jogadores no maior mapa já visto da franquia, Halvøy, situado na Noruega. Em comparação com o um dos maiores mapas de Battlefield, Hamada, o Battle Royale será dez vezes maior, como mostra a imagem comparativa.

Assim como outros jogos do gênero, os jogadores saltam de um avião no mapa onde devem procurar recursos para sobreviver em campanhas solo, em duplas ou com um esquadrão de até quatro pessoas, com o objetivo de se tornar o único sobrevivente. Mas graças a vastidão oferecida pelo mapa, Firestorm promete um diferencial no modo de jogar e no dinamismo da partida, já que a distância entre os jogadores pode ser muito grande.

Para ajudar os jogadores a percorrer o mapa estarão a disposição carros, motos, tanques de guerra, helicópteros, anfíbio schwimmwagen e outros 12 tipos de veículos, no total serão 17 tipos de transporte diferentes. 

Será possível realizar alguns objetivos para ganhar recompensas extra e abrir cofres que vão desbloquear equipamentos melhores como armas de maior nível de raridade, assim como foi mostrado no primeiro gameplay que vazou, contendo um tutorial do modo. 

A grande aposta de Firestorm é o círculo de fogo que vai se fechando para aproximar os jogadores. Um grande incêndio faz o trabalho de levar tudo o que encontra pela frente para o chão, derrubando estruturas e todo ambiente destrutível do mapa. O paredão de fogo é tão grande que pode ser visto de quase qualquer área do mapa, mas se por acaso der o azar de estar muito perto dele, sua visão vai começar a ficar vermelha e sua tela vai ser preenchida por cinzas e chamas até seu personagem cair e se consumido pelas labaredas.

Firestorm estará disponível gratuitamente a partir do dia 25 de março.

Via: PC Gamer, Engadget, Battlefield BR
Assuntos
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?