Gameplay com a GTX 1660 em 8 jogos! Venha conhecer o desempenho da placa! [resumo]

No lançamento da mais recente placa da Nvidia, fizemos um gameplay AO VIVO com o modelo da EVGA que chegou para testes (e que inclusive tem análise já no ar). Para quem prefere só ver o desempenho da placa e pular todo o papo e interação com o chat que rola durante as transmissões, fizemos esse compacto que coloca apenas os trechos em que estamos mais focados em ver a performance da GTX 1660.

Análise: EVGA GeForce GTX 1660 XC Ultra
Gameplay na íntegra

Jogos testados:

03:24 - Battlefield V
09:06 - Apex Legends
12:06 - Forza Horizon 4
14:15 - Metro Exodus
16:38 - Wolfenstein II
19:22 - Shadow of the Tomb Raider
20:09 - Resident Evil 2 Remake
21:48 - Assassin's Creed Odyssey

Nosso gameplay foi feito em uma bancada composta pelos seguintes hardwares:

- Processador Intel Core i7-6950X
- Placa-mãe Asus X99 Strix
- Kit de memórias Kingston HyperX Predator DDR4 32GB 3000Hz (4x8GB)
- SSD Kingston HyperX Savage 240GB
- SSHD Seagate 2TB SATA3
- Sistema de refrigeração liquida Thermaltake Water 3.0 Riing RGB 280
- Fonte de energia Thermaltake Toughpower DPS G RGB 850W Gold
- Gabinete Thermaltake Core P3


EVGA GeForce GTX 1660 XC Ultra

Preços

Preço no lançamentoU$ 249,00

Especificações da GPU

Processo de fabricação12nm
ChipTuring TU116
Clock do GPU1530 MHz
Clock do GPU (Turbo)1845 MHz

Especificações das Memórias

Tecnologia da RAMGDDR5
Interface de largura de BUS192 bit
Quantidade de RAM6GB
Clock das memóriass2000 MHz
Clock efetivo8000 MHz
Largura de banda192

Características Gerais

Shading Units1408
TMUs88
ROPs48
Pixel Rate88.56 GPixel/s
Texture Rate162.4 GTexel/s
Performance de pontos flutuantes10.391 GFLOPS

Design

Pinos de alimentação1x 8 pinos
Suporte à combinação de placasSEM SUPORTE
Tipo de SlotDual-slot
Comprimento da placa229 mm
TDP120 W
Fonte recomendada450 W
Conexões de vídeo1x DisplayPort 1.4, 1x HDMI 2.0B, 1x DVI

Recursos

DirectX12.1
OpenCL1.2
OpenGL4.6
Shader6.2

Extras

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Half-Life veio, e é em realidade virtual. Agora embala os óculos de realidade virtual?