Model O é o novo mouse da Glorious PC Gaming Race (sim, esse é o nome da marca)

A marca conhecida como Glorious PC Gaming Race – sim, isso é real – divulgou seu novo mouse gamer Model O, que chega com a promessa de ser o mouse mais leve do mundo, pesando apenas 67 gramas. Isso foi atingido ao utilizar um design com poucas curvas e com um padrão de buracos no estilo de colmeia na parte central do periférico.

 

O produto utiliza um cabo proprietário do tipo "Ascend Cord" que tem 2m de comprimento, que é o mesmo seja na versão preta ou na branca do mouse. Ele vem com um software dedicado com indicador de DPI, permitindo selecionar entre as configurações padrão 400, 800, 1600 e 3200. O periférico ainda consegue chegar a 12.000 DPI com configurações manuais.

O Model O traz um sensor 3360 com polling rate de 1000Hz e 1ms de tempo de resposta. O produto possui um software opcional que o usuário pode usar para customizar de maneira completa o seu sistema de iluminação RGB.

 

O Glorious PC Gaming Race Model O está em pré-venda na loja Overclockers do Reino Unido por £50 (R$ 254 em conversão direta).

Especificações | Model O
Dimensões: 128 x 66 x 37,5 mm
Sensor: Pixart PMW-3360
Tipo de Switch: Omron; Mecânico Avaliado para 20 milhões de cliques
Número de botões: 6
Velocidade de rastreamento máxima: 250 + IPS
Peso: 67g
Aceleração: 50G
DPI Máximo: 12000
Polling rate: 1000hz(1ms)
Tipo de cabo: Ascended Cord
Comprimento do cabo: 2m
Configurações DPI padrão: 400 (amarelo), 800 (azul), 1600(vermelho), 3200(verde)
DPI Remapeável: Sim (com software)

Via: TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?