Xilinx apresenta subsistema HDMI 2.1 IP com suporte para resoluções até 8K

A fabricante líder em semicondutores Xilinx apresentou seu subsistema HDMI 2.1 IP com suporte para resoluções de até 8K UHD em seu portfólio de núcleos de propriedade intelectual (IP). Isso permite que os dispositivos Xilinx não só transmitam, mas recebam e processem vídeos de ultra definição (7680 x 4320 pixels). 

Site da Xilinx

O subsistema está pronto para ser licenciado pelos pelos clientes de chip da empresa e tem  compatibilidade com diversos equipamento pro-AV, como câmeras, monitores profissionais, paredes de LED, projetores e até produtos broadcast que estejam habilitados a resolução. Dessa forma os desenvolvedores podem criar SoCs integrados e substituir diversos processos por um único dispositivo.

“Os mercados profissionais de AV e broadcast continuam exigindo maior resolução, taxas de quadros mais altas e alta alcance mais dinâmico, para oferecer experiências de visualização mais imersivas. Nossos clientes podem agora implementar a interface completa HDMI 2.1 on-chip, criando designs altamente integrados que podem nativamente lidar com 8K de processamento.” 
Ramesh Iyer , diretor de marketing do mercado de ProV e Broadcast da Xilinx

As taxas de dados do subsistema são fornecidas pelos transceptores de E/S (entrada e saída de dados) que a Xilinx diz chegar a velocidade de até 48Gbps, com uma conexão segura e confiável. O subsistema HDMI 2.1 também pode ser combinado com decodificadores e codificadores da empresa que também possuem suporte nativo ao 8K.

A Xilinx realizou uma demonstração aberta ao público dos dias 5 a 8 de fevereiro, em Amsterdã, para mostrar o funcionamento da tecnologia.

Via: techpowerup
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Você se importa com a temperatura da série RX 5700?