Opinião: RE2 Remake era o melhor título para ter Ray Tracing, mas veja como a Capcom deu um jeito

Por Diego Kerber 02/02/2019 19:39 | atualizado 13/08/2019 00:41 Comentários Reportar erro

Com o ecossistema do Ray Tracing, ou como conhecemos, o Battlefield V, indo devagar e sempre, nesse vídeo comentamos como o recurso poderia ter seu maior impacto no remake de Resident Evil 2, que usou e abusou dos efeitos de luz, sombra e reflexos para criar a ambientação ao excelente game.

PC Baratinho e da Crise sobrevivem ao Remake de Resident Evil 2

Mas, se ele entregou essa ambientação toda, quer dizer que tem como fazer sem o Ray Tracing, não é mesmo? Então aproveitamos o vídeo para mostrar um pouco de como a Capcom e outras empresas "dão um jeito" enquanto o completo traçamento de luz só é viável naquelas verdadeiras fazendas de render de grandes empresas de animação.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Você se importa com a temperatura da série RX 5700?