Fortnite está sendo utilizado como lavagem de dinheiro de cartões de crédito furtados

O Fortnite está sendo utilizado como método para lavar dinheiro furtado de cartões de crédito. A investigação foi feita pelo The Independent com o Sixgill, que identificou falhas no método de segurança de pagamento no jogo multi player mais popular do mundo atualmente.

Aparentemente a compra de V-Bucks está sendo usada para lavar dinheiro dos cartões, esse método não deixa rastros, o que dificulta a investigação policial. O dinheiro gasto no jogo é revertido com a técnica chamada "carding", ou seja, eles compram itens do jogo e depois revendem por preços um pouco mais baixo, tanto por redes sociais como por métodos mais complexos na deep web.

Esse sistema está dando extremamente certo devido ao público alvo do jogo serem adolescentes e crianças que recebem menos dinheiro e desejam obter vantagens no jogo economizando o máximo possível.

O Sixgill entrou em contato com os revendedores fingindo ser um comprador e revelou que as vendas são feitas em Russo, Inglês, Árabe e ChinêsBenjamin Preminger, analista sênior de inteligência da Sixgill disse "Criminosos estão executando fraudes com cartões e obtendo dinheiro dentro e fora do sistema Fortnite com relativa impunidade".

Outro facilitador é o fato da Epic não monitorar e nem proibir nenhum tipo de troca entre os usuários do jogo, dentro ou fora do game. Esse sistema ajudou a movimentar mais de US$3 milhões dentro do jogo em 2018. Fortnite foi o jogo free to play mais lucrativo do ano passado, lucrando mais de US$2 bilhões.

Muitas transações são pagas com Bitcoins, e outras criptomoedas o que torna o sistema ainda mais eficiente e difícil de ser rastreado, já que não há como saber as reais intenções por trás das vendas de itens do jogo e nem rastrear a intenção de compra dos cartões de crédito.

Via: TechPowerUP, The Independent
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Half-Life veio, e é em realidade virtual. Agora embala os óculos de realidade virtual?