NET e Claro voltam a falar com a Anatel sobre limitar a internet com franquias

Um fantasma de 2016 está de volta: as franquias na internet fixa. Após o tema gerar muita polêmica e movimentação em 2016, a NET e a Claro pediram para que a Anatel pense sobre liberar o limite de dados em planos de internet fixa no Brasil. O órgão do governo está montando a agenda regulatória que vale para 2019 e 2020.

Caso isso aconteça, a internet fixa funcionará de forma similar ao que temos nos smartphones, com o consumo de dados sendo o principal fator na hora da venda, e não a velocidade. Assim, quando você passar do limite de GB que contratou, terá que comprar um pacote adicional para continuar conectado. Após grande repercussão e recepção negativa dos internautas brasileiros, a proposta foi proibida em 2016 pela Anatel.

Estabelecer franquias em internet de
banda larga fixa é um absurdo [Editorial]

O pedido da Claro, que também detém o controle da NET, requisita que a agência de regulação analise os impactos econômicos da adoção de franquias. A operadora acredita que a novidade traria mais "liberdade nos modelos de negócios" das empresas de telecomunicações.

Para o consumidor, a ideia não é nada boa, já que serviços de streaming e games costumam consumir uma grande quantidade de dados, o que tornaria mais caro utilizar planos mais simples de internet. Segundo nossos testes feitos em 2016, um episódio de 20 minutos de uma série da Netflix consome cerca de 1 GB de dados. Com isso em mente, o usuário possivelmente não conseguia maratonar uma temporada de Stranger Things no serviço se tivesse uma assinatura mais básica.

Nos games, o buraco é ainda mais embaixo, basta ver o tamanho dos arquivos que baixamos diariamente para jogar. Resident Evil 2, por exemplo, precisa de 26 GB para ser instalado, o que é um baita download.

A NET, Vivo e Oi já possuem franquias de dados em seus planos de internet fixa, mas que não podem ser aplicados por causa da proibição da Anatel. Ainda assim, você pode ver o limite de consumo que deve ser aplicado pelas empresas caso a medida seja permitida algum dia.

NET
5 Mb/s: 20 GB
15 Mb/s: 80 GB
35 Mb/s: 100 GB
60 Mb/s: 150 GB
120 Mb/s: 200 GB
240 Mb/s: 400 GB
500 Mb/s: 500 GB

Vivo
50 Mb/s: 170 GB
100 Mb/s: 220 GB
200 Mb/s: 270 GB
300 Mb/s: 300 GB

Oi
5 Mb/s: 70 GB
10 Mb/s: 90 GB
15 Mb/s: 110 GB
35 Mb/s: 130 GB
100 Mb/s: 200 GB
200 Mb/s: 500 GB

Via: Tecnoblog
Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Meu nome é Mateus Mognon. Depois de viver 16 anos sem internet no interior de Lagoa Vermelha-RS, eu vim até Florianópolis com apenas um objetivo: sobreviver. Para isso, eu comecei a estudar Jornalismo na UFSC e trabalhar no Adrenaline, onde produzo conteúdos e notícias da forma mais ágil possível. Com pouco salário e muito trabalho, eu sou... O Antigo Estagiário (agora colaborador!)

Você se importa com a temperatura da série RX 5700?