Crytek se une a Improbable para criar novo game AAA e um DevKit que mescla suas ferramentas

Depois da parceria entre a Improbable com a Epic Games para criar um fundo de investimentos de US$ 25 milhões para ajudar desenvolvedores a levarem seus jogos para a Unreal Engine, da Unity, chegou a vez da Crytek anunciar sua aliança com a empresa britânica de tecnologia. 

Por meio de um comunicado de imprensa a Crytek anunciou nesta quarta-feira (23) a parceria com a Improbable para criação de um novo jogo Triple-A utilizando os recursos das suas respectivas ferramentas; a CryEngine e a SpatialOS. A empresa não revelou detalhes de seu projeto e nem valores de investimento para sua idealização, entretanto garantiu que novas informações devem ser divulgadas em breve. 

Além de um título conjunto, o comunicado revelou que as empresas estão trabalhando em um kit para desenvolvimento de jogos em SpatialOS com todos os recursos para a CryEngine, o que significa que em breve os desenvolvedores vão poder ter acesso a um conjunto de ferramentas da CryEngine para trabalhar na criação de seus jogos construída na plataforma de nuvem para jogos multiplayer, que podem ser desenvolvidos para Playstation 4, Xbox One, PC e dispositivos mobile. 

“A Crytek está empenhada em disponibilizar soluções para seus desenvolvedores que lhes permitam criar experiências interativas exclusivas, respeitando sua liberdade de escolha de ferramentas e serviços. Com isso em mente, a Crytek planeja trabalhar em estreita colaboração com a Improbable para criar um Kit de Desenvolvimento de Jogos SpatialOS com todos os recursos para o CRYENGINE para seus próximos títulos.”

Segundo o informativo, a ideia da colaboração é facilitar a acessibilidade de material para os desenvolvedores poderem criar conteúdos de qualidade mantendo a liberdade para escolher as ferramentas que pretendem trabalhar. A Crytek ainda afirmou estar aberta a aumentar sua colaboração com outras empresas de tecnologia, sejam fabricantes de serviços ou ferramentas para desenvolvedores visando dar mais suporte aos criadores. 

Além do projeto AAA anunciado pela parceria, a Crytek ressaltou que a desenvolvedora Automaton já utilizou a integração de código aberto para a produção do multiplayer de 1000 jogadores Mavericks: Proving Grounds, dando a entender que essa união tem tudo para dar certo.

Via: Wccftech, Games Industry
Assuntos
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?