IBM lança o Q System One, PC que traz computação quântica para uso comercial

Durante a CES 2019, a IBM apresentou o computador Q System One, que segundo a empresa é o primeiro PC quântico integrado feito para uso científico e comercial. Ou seja, algumas corporações vão conseguir "comprar" o produto. O preço para o uso ainda não foi revelado pela fabricante, mas a companhia deixou claro que a tecnologia não é para qualquer um.

Os computadores quânticos se diferem dos modelos convencionais pelo seu poder de processamento. Enquanto as máquinas que utilizamos atualmente entendem combinações de 0 e 1, os famosos bits, o Q System One consegue ler qubits (quantum bits), que conseguem existir como zeros e uns simultaneamente, o que aumenta a quantidade de informações processadas.

A chegada do Q System One é mais um símbolo do que um avanço de desempenho, já que o mercado atual ainda não está preparado para usar a computação quântica em tarefas convencionais. "Pense nisso como uma máquina protótipo que permite testar e desenvolver ainda mais algumas das programações que podem ser úteis no futuro", explica o professor Winfried Hensinger, que trabalha com computação quântica na Universidade de Sussex, no Reino Unido.


Q System One sendo montado 

Além de não ter performance compatível com tarefas do dia a dia, um computador quântico também não é tão simples de se manter quanto um notebook ou desktop, explica a IBM.

"A eletrônica de um computador quântico não é algo que você compra na prateleira de uma loja. Você precisa de um ambiente com temperatura controlada, precisa minimizar as vibrações - qualquer coisa que possa atrapalhar os cálculos quânticos" - Bob Sutor, VP de pesquisa quântica da IBM

Por causa dessas limitações técnicas, o Q System One será vendido como um serviço e poderá ser acessado pelos clientes via nuvem, o que deve limitar muito o uso da tecnologia. Ainda assim, segundo Sutor, um dos objetivos da novidade é ganhar a confiança do público e mostrar que a computação quântica está chegando, mesmo que seja em passos lentos.

Via: The Verge
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?