AMD faz demonstração do Ryzen de 3ª geração contra Core i9-9900K no Cinebench

Antes de encerrar sua apresentação na CES 2019, a AMD falou um pouco sobre a próxima geração de seus processadores Ryzen, que vão vir na arquitetura Zen 2 de fabricação em 7nm. A empresa reiterou que esses modelos vão ser os primeiros do mundo nessa litografia para consumidores domésticos, e fez uma rápida demonstração de um deles "enfrentando" um Core i9-9900K no Cinebench.

Lisa Su, CEO da AMD e apresentadora da keynote, afirmou que o teste foi feito com uma amostra de engenharia de um Ryzen da 3ª geração com 8 núcleos e 16 threads. Não sendo um produto final, o clock atual dele (não divulgado) também pode acabar sendo alterado até o lançamento. O Core i9-9900K estava no clock padrão.

O benchmark foi feito ao vivo e o processador Ryzen conseguiu pontuar um pouco mais do que seu rival, ao mesmo tempo em que manteve uma média de consumo de energia menor. Ele conseguiu 2057 pontos batendo no máximo 133,4W, enquanto o Core i9-9900K fez 2040 pontos alcançando picos de 179,9W.

A executiva destacou também que os processadores Ryzen da 3ª geração ainda serão compatíveis com o socket AM4 atual e que chegam na metade de 2019.

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Half-Life veio, e é em realidade virtual. Agora embala os óculos de realidade virtual?