Gigabyte Z390 Aorus Xtreme é a mais nova placa-mãe topo de linha para CPUs Core de nona geração

A Gigabyte revelou hoje a  placa-mãe Z390 Aorus Xtreme, voltada para os processadores Intel Core de nona geração. O objetivo do novo produto é atender o segmento high-end e ser uma das mainboards mais completas disponíveis no mercado.

Segundo aponta o Tom's Hardware, a placa-mãe foi projetada para ser o casamento perfeito com o Intel Core i9-9900K e ajudar os entusiastas a alcançarem o desempenho máximo da CPU. Vale ressaltar que a placa também suporta processadores da oitava geração Core.

Feita em formato E-ATX, a placa-mãe Z390 traz design para entregar um desempenho térmico aprimorado e alimentação em 16 fases com PCB de cobre, que promete ajudar em overclocks.

A placa também conta com quatro slots para memória DDR4, o que garante espaço suficiente para até 64GB de RAM rodando em até 4.266MHz. Para o armazenamento, a mainboard traz seis conexões SATA III e três PCIe 3.0 x4 M2 com dissipadores de calor passivos, além de três slots PCIe 3.0 x16 protegidos com aço inoxidável. 

A placa-mãe também conta com portas USB Tipo-C, USB Tipo-A 3.1 e também 2.0. Na parte de internet, o produto chega com duas conexões Ethernet, uma baseada em Intel I219-V e outra Aquantia AQC107, e também conexão sem fio 802.11ac e Bluetooth 5.0.

Site - Z390 Aorus Xtreme

A Z390 Aorus Xtreme também possui sistema de áudio Realtek ALC1220 trabalhando com um conversor analógico-digital ESS ES9018K2M Sabre e amplificador OPA1622 SoundPlus, da Texas Instruments. Por fim, o produto conta com oito fan headers, oito sensores de temperatura e iluminação RGB.

Você pode conferir mais detalhes sobre a Z390 Aorus Xtreme no site da Gigabyte. A fabricante não revelou preço e data de chegada ao mercado do novo produto.

Via: TechPowerUp, Toms Hardware Fonte: Gigabyte
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Meu nome é Mateus Mognon. Depois de viver 16 anos sem internet no interior de Lagoa Vermelha-RS, eu vim até Florianópolis com apenas um objetivo: sobreviver. Para isso, eu comecei a estudar Jornalismo na UFSC e trabalhar no Adrenaline, onde produzo conteúdos e notícias da forma mais ágil possível. Com pouco salário e muito trabalho, eu sou... O Antigo Estagiário (agora colaborador!)

Você se importa com a temperatura da série RX 5700?