Microsoft xCloud é o serviço de streaming de games do Xbox One

A Microsoft anunciou no começo da semana o Projeto xCloud, que é o serviço de streaming de games que Phil Spencer anunciou durante a E3 2018, na conferência do Xbox. No vídeo de anúncio da nova proposta, a empresa diz que o objetivo da iniciativa é trazer mais opções para os usuários, que poderão jogar games do Xbox One até mesmo em dispositivos móveis por meio de streaming.

Assim como o Project Stream da Google, o xCloud tem como missão acabar com os problemas presentes em soluções de streaming atuais, que ainda sofrem bastante com lag. Segundo a empresa, isso não vai afetar o mercado de consoles da companhia, que ainda será visto como a principal plataforma para rodar jogos.

O vídeo de apresentação mostra uma prévia do serviço com jogos famosos do Xbox rodando em tablets e smartphones, com o jogador controlando a jogatina por meio de um joystick Xbox com Bluetooth ou com controles na tela touchscreen.

AMD está trabalhando em "ingrediente secreto"
para a próxima geração de consoles Sony e Microsoft

A empresa já está realizando testes com a plataforma para otimizá-la em redes móveis 4G e 5G, além de conexões de pelo menos 10Mbps. O hardware que roda os games nos servidores da Microsoft é baseado em AMD, seguindo os mesmos padrões presentes nos consoles de mesa da família Xbox One. A empresa também está utilizando a tecnologia de computação em nuvem Azure na plataforma.

Segundo a Microsoft, os primeiros testes públicos do xCloud acontecem em 2019. Quando estiver otimizado e pronto para uso, o serviço será lançado em mais de 140 países, mas ainda não temos previsão de quando isso vai acontecer.

Fonte: Microsoft
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Meu nome é Mateus Mognon. Depois de viver 16 anos sem internet no interior de Lagoa Vermelha-RS, eu vim até Florianópolis com apenas um objetivo: sobreviver. Para isso, eu comecei a estudar Jornalismo na UFSC e trabalhar no Adrenaline, onde produzo conteúdos e notícias da forma mais ágil possível. Com pouco salário e muito trabalho, eu sou... O Antigo Estagiário (agora colaborador!)