Microsoft xCloud é o serviço de streaming de games do Xbox One

A Microsoft anunciou no começo da semana o Projeto xCloud, que é o serviço de streaming de games que Phil Spencer anunciou durante a E3 2018, na conferência do Xbox. No vídeo de anúncio da nova proposta, a empresa diz que o objetivo da iniciativa é trazer mais opções para os usuários, que poderão jogar games do Xbox One até mesmo em dispositivos móveis por meio de streaming.

Assim como o Project Stream da Google, o xCloud tem como missão acabar com os problemas presentes em soluções de streaming atuais, que ainda sofrem bastante com lag. Segundo a empresa, isso não vai afetar o mercado de consoles da companhia, que ainda será visto como a principal plataforma para rodar jogos.

O vídeo de apresentação mostra uma prévia do serviço com jogos famosos do Xbox rodando em tablets e smartphones, com o jogador controlando a jogatina por meio de um joystick Xbox com Bluetooth ou com controles na tela touchscreen.

AMD está trabalhando em "ingrediente secreto"
para a próxima geração de consoles Sony e Microsoft

A empresa já está realizando testes com a plataforma para otimizá-la em redes móveis 4G e 5G, além de conexões de pelo menos 10Mbps. O hardware que roda os games nos servidores da Microsoft é baseado em AMD, seguindo os mesmos padrões presentes nos consoles de mesa da família Xbox One. A empresa também está utilizando a tecnologia de computação em nuvem Azure na plataforma.

Segundo a Microsoft, os primeiros testes públicos do xCloud acontecem em 2019. Quando estiver otimizado e pronto para uso, o serviço será lançado em mais de 140 países, mas ainda não temos previsão de quando isso vai acontecer.

Fonte: Microsoft
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?