Qualcomm está tentando banir iPhones dos Estados Unidos por quebra de patentes

Em mais um capítulo da novela Apple e Qualcomm nos tribunais, a dona do Snapdragon registrou um processo para banir os iPhones dos Estados Unidos.

Após indícios de que isso ia acontecer, a Qualcomm registrou uma queixa na Internacional Trade Comission e na justiça da Califórnia para impedir que a Apple venda seus smartphones em território estadunidente.

O motivo para isso: a empresa da maçã estaria utilizando patentes da Qualcomm sem pagar nada por isso. "As criações da Qualcomm estão no coração de todos os iPhones e vão muito além das normas habituais da tecnologia de modems ou smartphones. "A Apple continua utilizando tecnologia da Qualcomm enquanto se recusa a pagar por ela", diz Don Rosenberg, vice-presidente executivo da Qualcomm.

Desde janeiro, a Apple deixou de pagar royalties para a Qualcomm, que fornece uma tecnologia de modem para os iPhones. A maça alega que a empresa exerce um monopólio sobre a tecnologia e cobra taxas muito altas pela tecnologia. "Eles nos proporcionam apenas um componente, utilizado para a conectividade, mas exigem há anos um percentual sobre o preço total dos nossos produtos”, disse a empresa em um comunicado enviado para a AFP no passado.

Por enquanto, a Apple não comentou oficialmente sobre o processo. Possivelmente teremos mais informações da treta em breve.

  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.