Valve deixa de organizar Majors de Dota 2 para dar espaço a outros torneios

A Valve anunciou que vai deixar que organizar os eventos Major de Dota 2 e passar a focar apenas no torneio mais importante da temporada competitiva do game, The International. As mudanças começam já na próxima temporada, 2017-2018, e têm o objetivo de dar mais espaço para torneios tradicionais organizados por terceiros.

"Para o próximo ano, nós vamos tomar uma abordagem mais orgânica para ajudar o ecossistema competitivo a crescer, trabalhando de maneira mais próxima dos torneios de terceiros", explica um comunicado oficial da Valve.

"Ao invés do sistema anterior de Major, nós vamos selecionar muitos torneios de terceiros para patrocinar diretamente. Além disso, jogadores competindo nesses torneios vai ganhar Pontos de Classificação, que vão ser o único fator para determinar os convites para The International 2018", completa.

O que muda?


Isso significa mudanças profundas na maneira como se desenvolve uma temporada competitiva de Dota 2. Primeiro, está acabado o sistema altamente subjetivo de convite direto a equipes. Até a temporada atual, 2016-2017, a Valve determinava as equipes convidadas de maneira um tanto obscura e confusa. Às vezes, chegar longe em vários torneios importantes não era suficiente para receber um convite.

A partir de agora, os torneios serão divididos em dois níveis diferentes: Majors e Minors. Para ser um Major, é necessário oferecer uma premiação de, no mínimo, US$ 500 mil por parte dos organizadores. Caso isso seja atingido, a Valve vai completar a premiação com mais US$ 500 mil. O mesmo vale para os Minors, que precisão ter premiação total de US$ 150 mil, que será complementada com mais US$ 150 mil por parte da Valve.

Para entrar na classificação de Major ou Minor, o evento obrigatoriamente precisa ter pelo menos uma classificatória para cada região primária do jogo: América do Norte, América do Sul, Sudeste Asiático, China, Europa e Comunidade dos Estados Independentes (países que pertenciam à antiga União Soviética). A novidade é boa notícia para os brasileiros, que terão uma classificatória para disputar para todos os torneios mais importantes do ano.

Novo sistema de convites para The International 2018


Ir bem nesses torneios é o que vai definir quem se classifica e quem não se classifica para The International. Os jogadores vão ganhar Pontos de Classificação com base na premiação que ganharem em determinado torneio. Ou seja, Majors dão mais pontos e Minors dão menos.

A diferença é que, agora, quem retêm os pontos são os jogadores, e não as equipes. Ou seja, quando mudarem de equipe, eles levarão seus pontos junto. O total de Pontos de Classificação de uma equipe será medido através da soma da pontuação dos 3 jogadores que mais pontuaram. As equipes melhores classificadas vão ser convidadas diretamente para The International 2018.

Via: Dota 2, PC Gamer, Kotaku, The Verge
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.