Ubuntu desiste dos smartphones e vai voltar a usar o GNOME

Em 2013 a Canonical, empresa responsável pelo desenvolvimento do sistema operacional Ubuntu, anunciou um plano ambicioso de convergência, onde iria transformar seu sistema operacional de PCs em um SO multiplataforma, operando em tablets, PCs e smartphones. A empresa anunciou hoje que está desistindo desse plano. Após o insucesso de sua iniciativa no mercado mobile, que chegou a gerar um produto, a empresa decidiu abandonar seus esforços na área.

A mudança de estratégia também será acompanhada de alterações no Ubuntu, sistema operacional baseado em GNU/Linux. O SO é uma ramificação do Debian (o Steam OS compartilha da mesma origem) e utilizava como ambiente gráfico a interface Unity, em um esforço para trazer interações funcionais em smartphones e tablets. Com a nova estratégia da Canonical, o Ubuntu retornará ao GNOME, ambiente gráfico utilizado no passado.

De acordo com Mark Shuttleworth, apesar do excelente trabalho da equipe de desenvolvimento da Unity, o mercado não recebeu bem o conceito da nova interface, e é o mercado e a comunidade que decidem "o que cresce e os produtos que desaparecem". O objetivo da Canonical agora é focar em serviços na nuvem e IoT (Internet das Coisas).

O Ubuntu é uma das distribuições mais populares baseadas em GNU/Linux, e tem como principal diferencial seu apoio por parte de uma empresa. O sistema é gratuito e pode ser baixado por qualquer pessoa ou utilizado por empresas. A Canonical monetiza através de doações ou através de prestação de serviço de assistência técnica que pode ser adquirido por empresas.

Fonte: Ubuntu
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Já comprou novamente um mesmo game em outra plataforma?