Criador do Freedom 251, o smartphone "mais barato do mundo", é processado por fraude

A fabricante indiana de smartphones Ringing Bells ganhou destaque no ano passado quando anunciou o Freedom 251, o  "smartphone mais barato do mundo" que custava apenas 251 rúpias, o equivalente a 15 reais em conversão direta. Agora, a empresa voltou aos holofotes após Mohit Goel, fundador da companhia, ser preso por fraude.

De acordo com a Reuters, uma loja varejista encomendou 3 milhões de rúpias (US$ 45 mil) em smartphones para a Ringing Bells, porém, só recebeu um terço do pedido, com diversas unidades defeituosas.

Após entrar em contato com a Ringing Bells, o contratante foi ameaçado de morte por Mohit Goel e outro funcionário da empresa, segundo a Reuters. A prisão do executivo aconteceu na quinta-feira na cidade de Uttar Pradesh, e o caso será levado para uma corte para análise ainda hoje, segundo a polícia local.

O polêmico Freedom 251 foi lançado no começo do ano passado cercado de polêmicas, incluindo o design parecido com o do iPhone e semelhança de peças com um smartphone da Adcom, outra fabricante indiana.

Abaixo, você confere as especificações do aparelho: 

Especificações| Freedom 251

- Tela: 4' resolução  960 x 540
- Processador: modelo não especificado quad-core de 1.3 GHz
- Armazenamento: 8 GB expansível via micro SD
- Memória: 1 GB de RAM
- Câmera traseira: 3.2 MP
- Câmera frontal: 0.3 MP
- Bateria: 1.450 mAh
- Sistema Operacional: Android Lollipop 5.1
- Preço: 251 rúpias

Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.