Com Vega 10 e Polaris, placas de vídeo AMD RX 500 devem chegar em maio [Rumor]

Enquanto todo mundo está falando dos processadores Ryzen, uma série de rumores traz possíveis informações sobre a série de placas de vídeo AMD Radeon RX 500, que devem trazer a arquitetura Vega para o mercado. Segundo as informações não-oficiais, as placas devem chegar antes do verão norte-americano, entre maio e junho deste ano.

Segundo o TechPowerUp, a linha RX 500 terá como foco o mercado de placas de alto desempenho e terá como principal destaque as GPUs baseadas em Vega 10 e Vega 11. Além disso, a nova série também contará com chips Polaris, arquitetura usada nas placas de video da série Radeon RX 400.

AMD explica todas as novidades da arquitetura de placas de vídeo Vega

Os rumores indicam que as placas baseadas em Polaris serão os dispositivos de entrada da linha RX 500, com os hardwares baseados em Vega 11 vindo em seguida e as placas com Vega 10 sendo as mais potentes.

De acordo com as informações não-oficiais, as GPUs terão como principal foco o mercado high end, devem contar com memórias GDDR5X e competir com a GTX 1070 e GTX 1080 da Nvidia. Durante a CES 2017, uma versão para notebooks da suposta RX 570 foi revelada com potência similar a GTX 1070 mobile, o que dá força para esta teoria.

Os rumores também apontam que a Vega 10 terá performance de 12 TFLOPS e vai competir com a Titan X, placa de vídeo de consumo mais potente da Nvidia.

A AMD não comentou sobre os rumores, mas deve falar sobre as novas placas de vídeo em 28 de fevereiro, no evento Capsaicin, na GDC 2017.

Via: Guru3D
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.