Qualcomm lança novos chips Wi-fi com padrão 802.11ax e melhor distribuição de banda

A Qualcomm revelou um novo portfólio de chips Wi-Fi com padrão 802.11ax, que promete ser 4 vezes mais eficiente do que a capacidade dos produtos atuais. Um deles, o IPQ8074, foi criado para roteadores e pontos de acesso, enquanto o QCA6290 é para os dispositivos do lado do usuário, que vão se conectar na rede.

O grande diferencial do novo padrão é que ele foi otimizado para lidar melhor com um número maior de dispositivos conectados. Isso porque as últimas gerações de Wi-Fi focaram apenas em maior velocidade, sem se preocupar muito com o desempenho para vários dispositivos.

A ideia é que, segundo a Associação GSM, a quantidade média de dispositivos conectados a uma rede Wi-Fi de uma família de 4 pessoas vai subir de 8 em 2012 para 24 dispositivos em 2017. Esse número deve chegar a 50 dispositivos em 2020, com todos os produtos domésticos de Internet das Coisas.

Por isso, o padrão 802.11ax chega para maximizar a largura de banda e as velocidades de transferência em redes que tenham que lidar com muitos aparelhos ao mesmo tempo.

IPQ8074 - um SOC para uso empresarial


O IPQ8074 é uma solução de 12 streams, sendo 8 x 8 de 5 GHz e 4 x 4 de 2.4 GHz. Esse é o chip que será utilizado nos roteadores e pontos de acesso. Para isso, ele traz uma CPU quad-core com 4 núcleos Cortex-A53 rodando a até 2 GHz, assim como um acelerador de rede dual-core. Seu processo de fabricação é de 14 nm e ele suporta uma largura de canal de 80 MHz.

QCA6290 é a solução que estará no seu smartphone


No lado dos clientes, o QCA6290 é uma solução 802.11az 2 x 2 que permite operar em dual-band. Seu processo de fabricação é de 28 nm. A grande novidade fica por conta de recursos de economia de bateria que, junto com extensões proprietárias da Qualcomm, promete estender bastante a duração da carga do smartphone.

Via: Anand Tech, Neowin, Mashable
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.