Intel pode usar tecnologias licenciadas da AMD nas GPUs de futuros processadores

Uma parceria inesperada pode estar se formando em "segredo", de acordo com os vazamentos mais recentes que dizem que a Intel pode acabar recorrendo à AMD para licenciar tecnologias de GPU em seus futuros processadores, ou seja, a Radeon Graphics.

Aparentemente essa informação tem circulado em fóruns especializados no exterior já há algum tempo e agora está tomando mais força, conforme as negociações estariam avançando. A princípio pode aparecer estranho que duas concorrentes tão históricas estejam formando uma parceria, mas uma análise mais aprofundada torna as informações bem plausíveis.

Antes de mais nada é importante destacar que o acordo em questão seria para o uso das licenças das tecnologias Radeon da AMD e, dependendo do que for combinado, a Intel pode acabar nem precisando colocar o selo da sua concorrente em parte alguma dos processadores, só pagar pelo uso da tecnologia e o acordo nunca ser amplamente divulgado no mercado. Outro ponto que precisa ser lembrado é que a Intel já faz isso com a Nvidia, usando licença de suas tecnologias para os gráficos de seus processadores e, enquanto a AMD parece a maior concorrente da Intel, o Neowin bem destaca que a Nvidia é quem está se tornando uma rival de peso para mercados futuros, como carros autônomos e internet das coisas. Nessa área é com a Qualcomm e a Nvidia que a Intel se preocupa, não com a AMD. O contrato com da Intel com a Nvidia está chegando ao fim agora, tornando este o momento ideal para uma nova parceria.

O lançamento da geração Zen de processadores da AMD, cada vez mais próximo, pode dar uma sacudida no cenário do mercado, mas o que temos atualmente em matéria de processadores é um distanciamento considerável entre Intel e AMD. Emplacar um acordo desses pode resolver o problema de uma nova licença para tecnologia gráfica em seus processadores para a Intel e injetar um investimento muito necessário no caixa da AMD.

Fonte: Neowin, TechPowerUp
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.