Rede social em realidade virtual MyVR será lançada em outubro

A startup MyWebRoom, baseada em San Francisco, nos EUA, está prestes a lançar o que será uma das primeiras experiências de rede social dentro de ambientes de realidade virtuai. Com o título de MyVR, a plataforma vai trabalhar com descoberta de conteúdos, interações sociais, vídeo, chat e outros recursos.

A experiência será trabalhada com salas customizáveis que servirão como os hubs pessoais dos usuários. É de lá que eles poderão salvar, transmitir e compartilhar conteúdo online, como notícias, músicas e vídeos. os usuários também poderão descobrir novos conteúdos, que estarão organizados em 21 feeds de interesse diferentes, que incluem seções como viagem, esportes e comida.

O MyVR é gratuito para uso com Google Cardboard e com Samsung GearVR, e permite que qualquer usuário siga outro que use o mesmo aplicativo. Será possível visitar a sala virtual de outras pessoas, fazer conversas em grupo e, enquanto tudo isso acontece, navegar na internet, assistir vídeos, ler artigos e até ouvir música juntos.

"O mercado atual de realidade virtual é focado de maneira forte em games e em vídeos em 360 graus, então a maioria das pessoas que usam VR agora são gamers e early adopters", explica Artem Fedyaev, CEO da MyWebRoom e criador do aplicativo. "O objetivo do MyVR é trazer a realidade virtual para uma audiência maior, mais mainstream, que quer uma maior variedade de experiências virtuais".

  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.