Uber quer atuar em Florianópolis mas taxistas da capital são contra o serviço, como sempre

O serviço de caronas Uber tem enfrentado o desafio da regulamentação no Brasil desde que chegou ao país. A empresa atua, hoje, em menos de 20 cidades brasileiras e pretende levar seu sistema de caronas à Florianópolis, capital de Santa Catarina. No sul do país, a Uber já opera em Porto Alegre e Curitiba.

Prefeitura de São Paulo legaliza o Uber; tarifa extra será cobrada do passageiro

Essa dificuldade em expandir o serviço para mais regiões tem uma causa comum em todos os processos: a resistência dos taxistas em aceitar a concorrência. Em Florianópolis, cidade sede do Adrenaline, não seria diferente pois, recentemente, o Sindicato dos Taxistas (Sinditaxi) já declarou que a operação (implementação do Uber) é ilegal e que a frota de táxis existente em Floripa já é suficiente. Segundo Irandi de Oliveira, presidente do Sinditaxi da capital catarinense, Uber "é um serviço marginal e que está fora da lei em Florianópolis porque não existe regulamentação".

Mapa mostra a disputa do Uber com seus concorrentes pelo mundo

A cidade, com aproximadamente 478 mil habitantes em 2016, conta com uma frota de 670 táxis, o "suficiente" segundo o sindicato do seguimento. E uma das razões pelas quais o Uber não deveria chegar à Florianópolis é porque os profissionais estão recebendo "capacitação, cursos de boas maneiras e aprendendo a atender melhor", disse Irandi de Oliveira ao jornal local Diário Catarinense.

Google começa a testar seu sistema de caronas via Waze mais barato que Uber

Não podemos afirmar que a violência continuará a ser uma das formas de boicote ao Uber por parte dos taxistas, mas em preocupação a isso, a questão da segurança também foi abordada na reunião de legalização do app em "Floripa". Já que são recebidos com violência em muitas cidades, os motoristas do serviço terão direito à advogados em casos de eventuais litígios além da cobertura por danos no veículo, como pedradas.

Crowdfunding ajuda a consertar carro de motorista que foi confundido com Uber e atacado por taxistas

O serviço do Uber é muito questionado pelos sindicatos de taxistas, mas muitos usuários de ambos serviços relatam ainda que o aplicativo de caronas é mais barato e oferece melhor atendimento. Além disso, estatísticas do  Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) mostraram que o Uber não afetou o mercado brasileiro de serviços de táxi.


Cidades da América do Sul e Central que possuem/ou estão cadastradas no serviço Uber

Via: Diário Catarinense
Assuntos
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.