Microsoft pode "quebrar" a Steam para tornar loja do Windows 10 mais atrativa, prevê CEO da Epic Games

Tim Sweeney, co-fundador da Epic Games e um dos responsáveis pela Unreal Engine, teme que a Microsoft monopolize a indústria de games do PC com o Windows 10.

Em entrevista a revista Edge, Sweeney disse que, com o passar dos anos, a Microsoft vai tornar o Windows 10 um sistema mais fechado e com updates que devem piorar serviços como a Steam para favorecer o desenvolvimento de games para a Plataforma Universal do Windows.

"Lentamente, nos próximos cinco anos, eles vão atualizar o Windows 10 de um jeito que faça a Steam progressivamente quebrada e pior. [...] em cinco ano, as pessoas estarão tão cheias da Steam que a Windows Store parecerá a alternativa ideal. Foi exatamente isso que a Microsoft fez com concorrentes anteriores em outras áreas"

Segundo Sweeney, a Microsoft vai seguir um caminho parecido com a Apple e deixar a Plataforma Universal do Windows (UWP) mais fechada e segura para atrair desenvolvedores.

"Existem duas interfaces de programação para Windows e cada desenvolvedor deve escolher uma delas. Cada app da Steam - e games feitos para PC nas últimas décadas - utilizaram Win32. A interface foi responsável pelo mercado vibrante de softwares que temos hoje, mas também pelos malwares. Qualquer programa pode ser um vírus. A Plataforma Universal do Windows parece ser o antídoto para isso. É mais fechada".

Com isso, os programas feitos em Win32 podem deixar de ser feitos pelos desenvolvedores no futuro e os jogos ganhem apenas versões para Windows 10, como aconteceu com Quantum Break, aponta o desenvolvedor:

"Se a Microsoft convencer cada um a usar a UWP, então eles extinguem os apps em Win32. Se eles tiverem sucesso fazendo isso será um pequeno passo para forçar todos os aplicativos e jogos a serem distribuídos na Windows Store. Quando atingirmos esse ponto, o PC se tornará uma plataforma fechada. Não será em um dia que a Microsoft quebrará sua biblioteca da Steam. Eles tentarão fazer uma série de mudanças sorrateiras até ser inconveniente usar programas antigos e, simultaneamente, se tornarem a única fonte para os novos apps"

Como uma estratégia maluca da Microsoft pode mudar para sempre o mercado de games

Sweeney já deixou claro em entrevistas anteriores que apoia um mercado aberto e que empresas como a Microsoft podem atrapalhar essa lógica no mercado de PCs. Em entrevista ao Gamespot, há duas semanas, o desenvolvedor criticou a Oculus, que traz como padrão o download de aplicativos em VR de sua loja, o que acaba prejudicando os concorrentes.

Na mesma entrevista, o desenvolvedor de "Gears of War" declarou que "Gabe Newell é a pessoa mais inteligente na indústria do PC", pois permite que os jogadores façam alterações em seus produtos e traz opções de customização. 

 

Via: The Verge, Neowin
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.