Yahoo entra na mira dos ataques na China

Contas de e-mail do Yahoo de ativistas chineses e jornalistas estrangeiros em atividade no país foram hackeadas, de forma similar aos incidentes com o Gmail no início do ano.

Entre as contas comprometidas, estão as do World Uyghur Congress, acusados pelo governo chinês de incitar o separatismo, conforme a Reuters.


De acordo com o The Inquirer, o Yahoo declarou que condena todos os ataques online, independentemente do local de origem, e que estÁ comprometido em proteger a segurança e a privacidade dos seus usuÁrios. Porém, a companhia ainda não revelou informações sobre a natureza dos ataques e nem quais atitudes irÁ tomar a respeito do incidente.

O problema aparece dias após o Google redirecionar seus serviços para os servidores de Hong Kong, na tentativa de escapar da censura na China.

A situação entre a empresa e o governo chinês é delicada desde o final de 2009 e início de 2010, quando hackers chineses foram acusados de invadir contas do Gmail pertencentes a ativistas e jornalistas do país.

Assuntos
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.