Confira detalhes e especificações não oficiais das Polaris 10 e 11 da AMD

A AMD não informou ainda a data exata em que será feito o lançamento de sua nova geração Polaris, mas o número de rumores e vazamentos se intensifica e nos mostra que estamos prestes a ver isso acontecer. Como de costume, nenhuma informação aqui é confirmada pela empresa, mas já temos acesso a alguns números bem plausíveis.

A tabela acima foi organizada pelo PC Perspective, que fez um bom apanhado de tudo que foi vazado sobre a Polaris até o momento e tirando suas próprias conclusões. Um pequeno esclarecimento sobre os números: a Polaris deve ter 32 Compute Units (CUs) e o número de 2.048 shaders vem da suposição de que podem ser mantidos 64 shaders por Compute Unit nessa geração, então foi feita uma conta direta. Se mudar o número de shaders por CU, o total da tabela não estará correto.

 A geração Polaris deve se tornar uma base para a AMD, com opções tanto em GDDR5 como GDDR5X, oferecendo uma ampla linha de produtos que vão desde os mais acessíveis até os de alta performance. Mas, no segundo caso, em substituição a uma R9 380X, por exemplo, e não topo de linha mesmo como as Fury. Isso deve ficar a cargo da geração Vega.

Como esclarecido anteriormente, os números em Polaris 10 e 11 se referem ao tamanho da GPU, e de maneira um pouco contra-intuitiva, já que a 11 é a menor. A GPU viria com GCN 4.0, sem opção de controlador para GDDR5X por causa da faixa de preço em que ela mira. A Polaris 11 poderia acabar chegando para substituir a série R7, com um baixíssimo novo TDP, especialmente para notebooks. Os dados das especificações abaixo vêm do site e não são confirmados:

Especificações (não oficiais) | Polaris 11

- GPU Cores: 896
- Clock: 1395MHz
- Memória: 4GB (GDDR5)
- Interface da Memória: 128-bit
- TDP: 50W
- 2.5 TFLOPS

As informações de hoje reiteram o possível plano da AMD de não competir diretamente com a Nvidia neste momento. Enquanto sua concorrente promove a topo de linha GTX 1080, a AMD parece que vai firmar uma fatia maior do mercado oferecendo uma ampla variedade de modelos mais acessíveis para quem não quer esperar opções mais baratas da Nvidia para trocar de placa. Somente no segundo semestre, então, que a empresa deve anunciar sua própria GPU mais poderosa, para os entusiastas que esperaram.

Fonte: PCPerspective
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.