Game exibido na GDC tem brasileiro como desenvolvedor

A Game Developers Conference, que aconteceu na semana passada em San Francisco, na California, reuniu desenvolvedores de games do mundo todo, de grandes e de pequenas empresas também. Uma dessas foi a Lukewarm Media, empresa indepente norte-americana que conta com um game designer brasileiro na equipe.

A Lukewarm esteve na GDC para divulgar seu game Primal Carnage (a única semelhança com o famigerado game Primal Rage - clÁssico trash do SNES - é a presença de dinossauros), um FPS que serÁ em breve lançado para PC pelo Steam, custando cerca de 15 dólares. O jogadores deverão escolher seus times (dinossauros ou mercenÁrios) e se enfrentar em batalhas multiplayer.

Sobre essa experiência de desenvolver o game, Henrique Naspolini, o brasileiro integrante da Lukewarm, fala um pouco ao Adrenaline: "É bem interessante participar de um projeto como esse, com pessoas de diferentes países. Além disso, sendo um time independente, sem nenhum tipo de investimento, só nos faz acreditar que todos estão aqui porque querem fazer um bom jogo, o que tem nos tornado mais unidos. Outro aspecto que me agrada neste projeto é que não hÁ aquela burocracia ou politicagem como em grandes estudios. Existem algumas barreiras, mas aos poucos a equipe tem se estabelecido, e temos chamado mais atenção na internet, principalmente depois do anúncio do suporte por parte da Unigine Engine".

A Unigine à qual Henrique se refere é uma engine 3D que permite a criação de mundos virtuais, desenvolvida pela Unigine Corp, e utilizada em games independentes de diversos estúdios, como pode ser visto neste link. O game promete. Resta a nós jogadores esperarmos para conferir o trabalho que envolve um brasileiro atuando lado-a-lado com os gringos.


Assuntos
  • Redator: Mauro J. Barreto

    Mauro J. Barreto

    Formado em Jornalismo pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) em 2008, Mauro Barreto trabalha na redação da Adrenaline, em Florianópolis, desenvolvendo pautas, produzindo artigos, entrevistas e atualizando o site com notícias sobre os segmentos em que a Adrenaline atua. Também assina a coluna "Mundo Tech", onde comenta sobre assuntos relevantes do mercado de Games e Tecnologia. Até hoje é viciado em Street Fighter II e não troca seu iPod por nada.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.