Criptografia de mensagens no Whatsapp não agrada diretor do FBI: "existem terroristas e criminosos entre os usuários"

Durante uma reunião do NSTAC (Comitê Nacional de Segurança e Telecomunicações), o diretor do FBI falou sobre seu descontentamento em relação a encriptação completa das mensagens do Whatsapp, recurso anunciado pelo aplicativo no mês passado. Agora, todo o aplicativo possui criptografia ponta-a-ponta e os conteúdos das mensagens só podem ser acessados por quem envia e recebe. De acordo com James Comey, esse recurso é um impeditivo em investigações contra terroristas e criminosos.

"O Whatsapp possui bilhões de usuários, incluindo pessoas boas, mas entre esses bilhões, existem terroristas e criminosos e essa onipresença do aplicativo vai afetar ambos os lados. Inevitavelmente, [a criptografia] será um impedimento em investigações criminais e ordens de segurança nacional" - diretor do FBI

Uma pesquisa recente apontou que o Whatsapp é utilizado em 15% das operações de comunicação de terroristas. Segundo a Trend Micro, a forma de comunicação móvel mais utilizada por criminosos ainda é o Telegram, que está presente em 34% dos casos envolvendo terroristas

Em fevereiro, a agência de segurança esteve envolvida numa polêmica com a Apple, que negou furar o bloqueio de um iPhone 5c para que o FBI obtivesse dados de um terrorista. O caso movimentou diversas empresas de tecnologia e mudanças nas leis envolvendo a privacidade de usuários estão sendo estudadas nos EUA.

Via: Gizmodo
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.