Phil Spencer: compra conjunta de games do Xbox One e PC vai virar algo comum

Parece que Quantum Break não será um caso isolado. Phil Spencer, chefe da divisão Xbox da Microsoft, vem disparando no Twitter que a empresa pretende tornar a integração de games no console e no computador em um recurso comum nessas plataformas.

Já havia um certo padrão na chegada de games "exclusivos" do Xbox ao PC, como aconteceu com Rise: Son of Rome e Dead Rising 3, porém a Microsoft parece querer levar a integração entre as duas plataformas a um novo patamar. A pré-compra de Quantum Break para Xbox traz uma cópia do jogo para o computador, e não para por aí: o seu progresso no jogo é compartilhado, o que significa que você pode continuar no PC de onde parou no console, e vice-e-versa.

Para tornar essa integração em algo possível, e embalar sua loja de aplicativos, Quantum Break será exclusivo da Loja Windows. Ainda é cedo para ver se outras desenvolvedoras vão seguir a ideia, porém o mais provável é que no momento veremos esse recurso nos exclusivos da Microsoft, então é possível ver esse recurso em futuros lançamentos de peso como ReCore, Sea of Thieves e Fable Legends.

Títulos disponíveis em múltiplas plataformas não é uma novidade. O Steam trabalha com esse conceito em games para PC entre múltiplos sistemas (como Windows, Linux e Mac) além da integração da Sony com jogos do PS3 e PS4 e o Vita.

Você vê algum problema na Microsoft compartilhar os exclusivos do Xbox One com o PC?

Não, porque o XOne não compete com PC
40.69%
Não, porque não me importo
40.36%
Sim, essa política enfraquece o console
14.66%
Sim, comprei o XOne pelos exclusivos
4.29%

Total de 4433 votos

 

{fonte}Twitter Phil Spencer|https://twitter.com/XboxP3?ref_src=twsrc%5Etfw{/fonte}

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.