Tesla apresenta o Tesla X, a primeira SUV elétrica do mundo

Depois de um atraso considerável, a Elen Musk enfim apresentou o carro prometido para 2012: o Tesla X. A linha de carros elétricos de luxo ganha agora seu modelo SUV, com capacidade para rodar mais de 400 quilômetros com uma carga e suporte a até 7 passageiros.

Seguindo a lógica de popularizar os carros elétricos, a Tesla tornou seu novo modelo em um carro bastante atrativo. O carro com custo de US$ 130 mil traz design caprichado e equipado com todos os opcionais que o consumidor pode desejar, além de recursos impressionantes como um painel sensível a toques de 17 polegadas no console.

O automóvel também desmistifica a "falta de potência" dos motores elétricos, e em seu modo mais agressivo chega de 0 a 60 milhas por hora (quase 100km/h) em apenas 3.2. Essa é uma vantagem dos motores elétricos sobre os convencionais a explosões: eles atingem sua potência máxima instantaneamente, enquanto o seu motor a combustível possui uma curva de evolução.

Além de todos os elementos de um carro de luxo, o Tesla X também traz suas excentricidades que o tornam um carro único. As portas do tipo gaivota vão fazer a alegria dos saudosistas do DeLorean, e trazem modificações importantes que as tornam muito mais eficientes. Tradicionalmente, esse formato de porta requer muito espaço para ser aberto. A variante no Tesla X possui sensores que percebem o espaço disponível nas laterais e ajustam a abertura, o que significa que o carro é capaz de abrir as portas com apenas 30 centímetros de espaço, "dando um jeito" até mesmo quando possui carros muito próximos nas vagas de estacionamento ao lado. Esses mesmos sensores evitam que você bata a porta em obstruções, evitando que você machuque alguém ou acerte em alguma coisa ao fechá-la.

A Tesla investiu pesado na parte de segurança do modelo X. Não precisando de um gigantesco motor a combustão, o carro tem espaços melhor explorados para evoluir sua tecnologia de contensão de impacto, o que resulta em "cinco estrelas" em todos os testes de colisão, em todas as situações. As pesadas baterias localizadas na parte de baixo do carro reduzem o centro de gravidade do veículo e com isso reduzem em muito a possibilidade de capotamento.

Outra proteção inclui um filtro de ar 10x maior que o presente na maioria dos outros modelos. Como resultado, ele é até 300 vezes melhor na hora de filtrar bactérias, 500 vezes melhor em impedir a entrada de alergênicos, 700 vezes melhor na filtragem de fumaça e até 800 vezes melhor na filtragem de vírus. O foco nesse sistema traz inclusive o curioso botão "Modo de Defesa de Armas Químicas", aproveitando o hype que vem do mundo da ficção, a Tesla "está tentando liderar em cenários de sobrevivência apocalípticos". 

O Tesla X chega em dois modelos: o X 90D por US$ 132 mil com autonomia estimada de 413 quilômetros e aceleração para 60 milhas por hora em 3.7 segundos. O P90D custará US$ 142 mil com autonomia estimada de 400 quilômetros e aceleração para 60 milhas por hora em 3.2 segundos. Os primeiros seis consumidores receberão a chave durante a apresentação do carro, enquanto os demais compradores podem levar meses ou até anos para receber seus veículos.

O Tesla popular
Os carros de luxo são apenas uma etapa nos planos da Tesla. Enquanto não é possível baratear a produção desse tipo de veículo, a empresa tem desenvolvido carros de luxo para ganhara a atenção do público e formar uma indústria voltada a esses modelos.

O plano é trazer veículos com custo na casa dos 37 mil dólares até 2017, porém é comum de Elen Musk prometer metas difíceis em curtos períodos de tempo, e por consequência não é incomum os atrasos. O Tesla X havia sido prometido para 2012, e só está sendo anunciado agora, com um período indefinido para chegar aos consumidores, sendo que a empresa estima que levará de 8 a 12 meses para entregar os veículos comprados agora. Um dos principais motivos dos atrasos são as dificuldades de desenvolver uma tecnologia ainda pouco explorada no setor automotivo: os motores elétricos.

Parte do plano para baratear essa classe de automóveis está a gigantesca fábrica de baterias em Nevada, nos Estados Unidos. A empresa pretende ampliar a disponibilidade de baterias de íons de lítio, e reduzindo o preço desse produto por consequência. Outra iniciativa é facilitar os pontos onde é possível recarregar o automóvel ou armazenar energia, como o caso da Powerwall, uma bateria doméstica para armazenamento de energia.

{via}Wired|http://www.wired.com/2015/09/tesla-model-x-suv-reveal-specs-price/|The Verge|http://www.theverge.com/2015/9/30/9421719/tesla-model-x-bioweapon-defense-mode-button{/via}

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.