Dispositivo que ajuda cegos a "verem com a língua" é aprovado por agência regulatória dos EUA

O BrainPort V100 é um dispositivo desenvolvido pela Wicab Inc. que traduz imagens capturadas por uma câmera na forma de impulsos elétricos que são transmitidos para uma placa que fica alojada na língua do usuário, um dos órgãos mais sensíveis do corpo. Essa configuração inesperada tem ajudado cegos a "visualizarem" seus arredores com a ajuda do aparelho.

O vídeo acima é de 2009 e mostra Erik Weihenmayer, a primeira pessoa cega a escalar o Everest, usando uma versão não comercial do BrainPort. A Wicab afirma que o dispositivo foi testado e consegue ajudar pessoas com nenhuma visão, seja por uma condição congênita ou adquirida.

A sensação do eletrodo na língua, segundo usuários reportam, é como se uma pintura estivesse sendo feita na boca. Mas para interpretar esse tipo de feedback é necessário um treinamento especial antes da pessoa usar o BrainPort V100 sozinha. A Wicab afirma que o tempo desse treino varia de pessoa pra pessoa, mas tipicamente é recomendado um mínimo de 10 horas no período de duas semanas, antes que o usuário se acostume a interpretar os sinais enviados pelo aparelho.

E o dispositivo não está longe de alcançar os usuários finais, pelo menos nos EUA, uma vez que, segundo o WCCFTech, a FDA (Federal Drugs Administration) aprovou o uso do BrainPort V100 por lá. 

O aparelho não é a coisa mais portátil do mundo e tem uma autonomia estimada de apenas 3 horas, mas assistir a Erik Weihenmayer brincar de jogo da velha com sua filha vale mais do que mil palavras para se destacar o potencial dessa tecnologia.

{via}WCCFTech | http://wccftech.com/brainportv100-helps-blind-people-tongue/{/via} 

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.