Protótipo de luva-robô criada em Harvard ajuda pacientes a melhorar força da mão e controle motor

A rotina de pacientes de sofrem os efeitos de um derrame, esclerose lateral amiotrófica (da sigla em inglês ALS) ou de distrofia muscular é extremamente complicada. Coisas simples como girar uma maçaneta ou pegar um copo se tornam um enorme desafio. 

É para ajudar essas pessoas que pesquisadores da universidade de Harvard desenvolveram um protótipo de luva-robô que melhora a força da pegada das mãos, assim como o controle motor. O dispositivo possui pequenas bolsas de água, que ficam localizadas em cada um dos dedos.

Quando a água é bombeada de um reservatório localizado no pulso, os dedos se curvam num movimento de pegada. Só que, por enquanto, isso é tudo que a luva consegue fazer. A ideia da equipe é continuar desenvolvendo a luva por mais algum tempo, sendo que a previsão é de que ela deverá estar pronta para uso na medicina em até 3 anos.

{via}MIT Techonology Review|http://www.technologyreview.com/news/538181/soft-robotic-glove-could-put-daily-life-within-patients-grasp/|Engadget|http://www.engadget.com/2015/06/19/prototype-roboglove-gives-patients-with-weak-grips-a-hand/{/via}

Assuntos
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.