Baixas vendas do HTC M9 levam empresa a reduzir encomenda de componentes

Enquanto a Samsung sofre para suprir a demanda de Galaxy S6, a HTC está diminuindo a produção do seu carro-chefe, o One M9. De acordo com o Digital Times, a empresa taiwanesa diminuiu em 30% os pedidos de componentes do smartphone porque o aparelho não vendeu como a companhia previa.

O topo de linha da HTC foi anunciado na MWC 2015 e está tendo uma recepção muito abaixo da esperada pela taiwanesa. Segundo fontes próximas da companhia, a concorrência de dispositivos intermediários de empresas do mercado chinês, como Xiaomi, Huawei e Vivo, é um dos motivos do baixo número de vendas. Outro fator apontado é o design do novo aparelho, que é muito parecido com o M8.

A empresa está tentando focar seus esforços em uma nova versão do dispositivo, lançada na China, o One M9+. O dispositivo tem poucas diferenças em relação ao primeiro smartphone, sendo a mais notável a substituição do processador Snapdragon 810 pelo Mediatek Helio X10. Segundo rumores, a mudança se deu por causa do superaquecimento do chip da Qualcomm.

A HTC ainda não comentou sobre o suposto corte de produção do M9.

Confira o nosso hands-on com o HTC One M9:

{via}Digital Times|http://www.digitimes.com/news/a20150521PD200.html{/via}

Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.