Hackers supostamente ligados à Rússia invadem sistema de PCs da Casa Branca

O sistema de computadores do Departamento de Defesa dos EUA foi invadido por hackers que, de acordo com a CNN, foram contratados pelo governo da Rússia. Com isso, eles conseguiram acesso ao sistema de PCs não confidencial da Casa Branca. Mesmo sem acessar os dados mais sensíveis, que estão armazenados no sistema não confidencial, eles conseguiram acesso a arquivos não abertos ao público, como a agenda do presidente Barack Obama em tempo real.

Para acessar a rede de PCs do Departamento de Estado, os hackers recorreram a técnicas de phishing. Isso não permitiu que eles chegassem a obter arquivos confidenciais, mas é bastante provável que tenham acessado outras informações que não são abertas ao público – incluindo coisas que o governo dos EUA definitivamente não quer ver cair nas mãos de outros governos.

De acordo com as fontes entrevistas pela CNN (que preferiram não ser identificadas), este foi um dos ciberataques mais sofisticados que os Estados Unidos já sofreram. No momento, o FBI, o Serviço Secreto e outras agências de inteligência do país estão trabalhando para investigar as falhas de segurança que permitiram isso. 

Pessoas próximas ao governo dos EUA disseram a CNN que estes hackers provavelmente são os mesmos por trás de um ataque virtual ao Departamento de Defesa do país no ano passado. Naquela época, o sistema de e-mails da divisão teve que ser fechado por um longo período de tempo.

{via}Cnet|http://www.cnet.com/news/hackers-who-breached-white-house-network-allegedly-accessed-sensitive-data/|CNN|http://edition.cnn.com/2015/04/07/politics/how-russians-hacked-the-wh/|{/via}

Assuntos
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.