Vice-presidente corporativo da AMD explica ajuste de preço das GPUs

Roy Taylor, vice-presidente corporativo do canal de vendas da AMD, respondeu em entrevista para a TweakTown diversas perguntas sobre as ações da empresa em relação ao posicionamento de suas placas no mercado após o lançamento das GTX 980 e GTX 970. Com a chegada da segunda geração de GPUs com microarquitetura Maxwell, a dinâmica dos preços das placas de vídeo no mercado foi reajustada, e o entrevistado responde sobre a posição dos produtos topo-de-linha da empresa atuando nesse novo mercado. Confira a entrevista abaixo:

Pergunta: com a redução recente nos preços da linha Radeon R9, como você acha que isso favorecerÁ a posição da AMD em relação às GPUs recém-lançadas pela Nvidia?

Roy Taylor: é importante notar que os novos preços disponíveis no mercado online são devido à promoções e programas executados pelo canal – a AMD não fez nenhuma redução de preço oficial. Se você observar onde estão os valores atuais, é possível comprar uma Radeon R9 290X de 512MB com, pelo menos, U$369, e uma R9 290 por U$299. Todo comprador que pensa no futuro sabe que a compatibilidade com Mantle e DX12 são de alta importância.

Podemos esperar mais alguma queda de preço na linha Radeon R9 antes do feriado?

Roy: Com a nova R9 285 custando U$ 259 e a R9 280 chegando a U$ 209, é difícil imaginar descontos melhores do que os atuais. Os leitores devem conferir os benchmarks mais recentes e perceber qual é a melhor relação custo-benefício.

Como foi a reação dos revendedores e consumidores desde que começou a queda de preço?

Roy: A reação foi maravilhosa e os consumidores estão realmente vendo as vantagens em comprar nossos produtos no comparativo final entre topos-de-linha. Estamos trabalhando ativamente nas redes sociais e nos engajando abertamente com os usuÁrios que elogiam os novos preços.

É verdade que são os AIBs (Add-In-Boards, empresas que trabalham sobre a tecnologia da distribuidora) que estão reduzindo os preços, e não a AMD? Para esclarecer melhor: é a AMD que estÁ reduzindo o preço, ou seus parceiros?

Roy: Nós somos amigos e parceiros de cada um de nossos AIBs, e trabalhamos com uma relação muito próxima. Isso inclui as movimentações recentes, seja lÁ o que eles ou nós fizermos, serÁ parte de um esforço colaborativo.

Quando poderemos ouvir mais sobre a série Radeon R9 300 e, mais especificamente, a R9 390X?

Roy: Infelizmente, não posso comentar sobre produtos futuros e sem anúncios oficiais até o momento.

A R9 390X irÁ derrotar a GeForce GTX 980 não só em performance, mas também em economia de energia e dissipação de temperatura?

Roy: Infelizmente, não posso comentar sobre produtos futuros e sem anúncios oficiais até o momento.

A AMD estÁ trabalhando com a DICE no Battlefield 5 do mesmo jeito que na edição anterior do game?

Roy: Não posso comentar sobre quaisquer projetos futuros da DICE sem o consentimento deles, entretanto, eles são uma parceria estratégica da AMD e nós temos a intenção de manter os frutos disso em progresso. Como se sabe, eles são os desenvolvedores da engine Frostbite que estÁ por trÁs de vÁrios jogos atuais, e estarÁ em muitos outros, pois sua fidelidade visual é difícil de ser comparada até hoje.


Embora Roy não comentou nada sobre produtos futuramente "anunciados", tivemos uma semi afirmação sobre a chegada da Radeon R9 390X. Em nenhum momento ele disse que não estavam trabalhando naquilo, mas apenas que não podiam revelar nada sobre o produto.

Em relação a Battlefield 5, ele não poderia citar informações, mas podemos notar que ainda existe a parceria entre a AMD e a DICE. Com isso, podemos esperar melhor performance da API Mantle no próximo FPS da empresa. No jogo anterior, a tecnologia trouxe um aumento mínimo de frames, algo que beneficia principalmente os jogadores de tiro em primeira pessoa.

{via}TweakTown| http://www.tweaktown.com/articles/6851/interview-with-amd-s-roy-taylor-response-to-nvidia-s-maxwell-gpus/index.html{/via}

  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O novo visual do Xbox Serie X