Smartphone chinês Marathon M3 tira o record de maior bateria do mundo do Moto Maxx

O novo Moto Maxx (a.k.a. Droid Turbo), da Motorola, se destaca por suas especificações topo de linha, dentre elas, uma poderosa bateria de 3.900 mAh que promete até 40h de autonomia e era, até o momento, a maior do mundo para smartphones. "Era", porque a empresa chinesa Gionee resolveu levantar ainda mais esse limite e venceu o record com o Marathon M3, seu smartphone com incríveis 5.000 mAh de bateria.

Segundo a empresa, os assuntos que você tiver pra conversar vão acabar antes de acabar a bateria. Essa é a promessa de 51 horas de conversa ininterrupta, sem a necessidade de carregar. Em stand by, segundo a Gionee, o Marathon M3 pode durar até 32,8 dias. Mas uma bateria desse tamanho não caberia sem certos "sacrifícios". O Marathon M3 tem 10,4mm de espessura e pesa 180g, quatro a mais do que os jÁ pesados 176g do Moto Maxx. 

É importante destacar que o Marathon M3, entretanto, não é um smartphone topo de linha. Suas comparações com o Moto Maxx ficam só na bateria mesmo. O gadget chinês tem um processador Media Tek quad-core de 1,3 GHz, 1 GB de RAM e 8 de memória interna. Suas câmeras frontal e traseira têm 2MP e 8MP, respectivamente e ele tem capacidade para dois cartões SIM. 

O sistema operacional do smartphone é o Android 4.4 KitKat, mas com a UI proprietÁria da Gionee, a Amigo 2.0. O Marathon M3 é vendido na Ásia por um valor que gira em torno dos US$210 e não hÁ previsões dele vir para o ocidente. Via VR-Zone

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O novo visual do Xbox Serie X