Site está realizando streaming de cerca de 73 mil câmeras sem os usuários saberem

Gelou agora, né? Quantas vezes você realizou "ações privadas" (adoro eufemismos) na frente da sua webcam achando que ninguém estava vendo? O site um tanto que obscuro chamado Insecam estÁ realizando o streaming em tempo real de mais de 73.000 câmeras e webcams em todo o mundo sem que os usuÁrios saibam. No Brasil, por exemplo, 1195 pessoas desavisadas estão sendo gravadas.

O site diz que o seu objetivo é mostrar a importância de trocar as senhas padrão das câmeras para evitar a invasão de privacidade. Toda câmera que não tem uma senha personalizada estÁ aberta para qualquer pessoa na internet que saiba hackeÁ-las. Não sei se invadir a privacidade das pessoas para alertar sobre a invasão de privacidade é a maneira mais certa, mas, para tirar seu streaming da rede, "basta trocar a senha de sua câmera".

Como explica Matthew Green, professor no Departamento de Ciência de Computadores na Universidade John Hopkins, o Insecam estÁ fazendo mais o mal do que o bem porque as vítimas, as pessoas que estão sendo observadas, não estão sendo notificadas sobre esse streaming. Ou seja, se não fosse a mídia, as gravações ainda estariam acontecendo sem que ninguém soubesse.

Então, antes de tentar burlar a nova política do Twitch e sair tirando a roupa na frente de câmeras, mude a senha de suas câmeras. Para fazer isso, procure o tutorial no manual de sua webcam ou contate a empresa responsÁvel

Via Neowin.

  • Redator: Luiz Menezes

    Luiz Menezes

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde o segundo semestre de 2012 e gamer desde 1999, quando teve a oportunidade de jogar "Adventure" no Atari (mesmo não passando nem da segunda fase). Hoje é estressado com o Xbox 360 e com os ADCs noobs que sempre feedam o Draven. Trabalha na Adrenaline por causa da paixão por games e porque precisa de dinheiro para comprar consoles novos.

O novo visual do Xbox Serie X