Gamergate expõe dados pessoais de Felicia Day minutos após a atriz dizer que temia o movimento

A atriz norte-americana Felicia Day, conhecida por participações em séries como Buffy e Supernatural e pelo seu canal no YouTube, The Guild, acaba de se tornar vítima do mais recente doxxing* do Gamergate. O ataque aconteceu minutos depois de Day publicar sua posição em relação ao movimento, onde ela dizia que demorou para se manifestar por temer justamente ter seus dados pessoais expostos na web.

(*doxxing é o ato de hackers exporem informações pessoais de pessoas públicas na internet. Phil Fish, o criador de Fez foi uma das vítimas desse tipo de ataque, o que o levou ao fechamento de seu estúdio.)

As informações pessoais de Day foram expostas num comentÁrio dentro do próprio post com o texto da atriz sobre o movimento, por um usuÁrio com o nick de "gaimerg8". Foram divulgados o endereço residencial da atriz e seu e-mail. Toda a seção de comentÁrios foi então removida. O Gamergate é um movimento de jogadores que dizem defender princípios éticos nos jogos e no jornalismo de games, mas tem continuamente evidenciado tendências misóginas e anti-feministas, porque geralmente são apenas mulheres que sofrem represÁlias dos partidÁrios da ação, enquanto homens saem ilesos mesmo depois de fazerem duras críticas. No próprio caso de Felicia Day hÁ um exemplo da diferença no tratamento, apontado por Chris Kluwe.

Kluwe, um ex-jogador da NFL e gamer a vida toda, redigiu um post xingando diretamente o Gamergate e seus participantes, com ofensas de baixo calão. Seu texto foi ao ar no dia 21 e até o momento ele não sofreu nenhum tipo de ataque, enquanto o post de Day precisou apenas de minutos pra ser "respondido" pelo Gamergate. Kluwe tweetou então que ninguém tentou realizar o doxxing com ele, mesmo ele sendo um "alvo fÁcil". "Em vez disso, vocês vão atrÁs de uma mulher que escreveu porque seu movimento a preocupa." Via The Guardian.

Assuntos
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O novo visual do Xbox Serie X