Google não desiste do Google+ e compra startup para melhorar design da rede social

O Google não desiste do Google+. Confiante de que terÁ retorno ao investir em sua rede social, a empresa comprou a startup de pesquisa social Polar para melhorar o design do G+. O que uma empresa de pesquisa tem a ver com design? É que o aplicativo da empresa é conhecido por criar enquetes customizadas para os usuÁrios. De acordo com o fundador da startup, Luke Wroblewski, a sua equipe vai focar, principalmente, no design da rede social para dispositivos móveis. O valor da negociação e mais detalhes sobre a compra não foram revelados.

"Estou feliz em dar as boas vindas a Luke Wroblewski e sua talentosa equipe da Polar", disse o vice-presidente de engenharia para o Google+ Dave Besbris em seu perfil na rede social. "Eles vão trabalhar com nossos designers e engenheiros para ajudar a tornar o G+ o mais bonito e simples de usar possível, especialmente em aparelhos móveis."

Anteriormente, Wroblewski fundou o aplicativo Bagcheck, que foi comprado peloTwitter em 2011. Ele também escreveu um livro chamado Mobile First, no qual explica como as equipes de design devem fazer a transição de suas estratégias do desktop para o mobile.

Em relação ao aplicativo Polar, a startup diz que vai mantê-lo ativo até o fim do ano. Eles também vão permitir que seus usuÁrios baixem todos os seus dados para que não sejam perdidos. "Afinal, eles são seus", diz a empresa em comunicado.

Via Mashable.

  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?