Governo chinês bane softwares de segurança da Kaspersky e Symantec

Depois de banir o uso do Windows 8 em computadores da administração federal, a China iniciou a caça aos antivírus da empresa russa Kaspersky e da americana Symantec, de acordo com informações da mídia local. As autoridades teriam excluído as duas companhias da lista de softwares licenciados a serem vendidos no país. A intenção seria limitar o uso de tecnologia estrangeira, principalmente após as denúncias de espionagem da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos.

A informação foi divulgada pelo twitter em inglês do People's Daily. Em um dos tweets, a publicação diz que o governo aprovou o uso de cinco marcas de antivírus, todas da China. Seriam elas a Quihoo 360 Technology Co, Venustech, CAJinchen, Beijing Jiangmin e Rising.

O porta-voz da Kaspersky Alejandro Arango disse que não hÁ evidências de que os produtos da Kaspersky Lab foram proibidos pelo governo chinês. A empresa estÁ investigando o caso e em contato com as autoridades chinesas para dialogar sobre o assunto. "É muito prematuro entrar em mais detalhes neste momento", disse. A Symantec ainda não se pronunciou sobre o caso.

Via Reuters.

  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?