Maior demissão em massa na história da Microsoft se confirma e 18.000 pessoas perdem o emprego

O rumor de que aconteceria uma demissão em massa na Microsoft infelizmente se confirmou e, no maior corte de pessoal da história da empresa, 18.000 profissionais deverão procurar por um novo emprego. A redução de funcionÁrios jÁ era esperada desde a aquisição da Nokia, que somou 25.000 novas cabeças ao corpo da companhia, mas nem todas as demissões foram desse setor, afetando também Áreas mais centrais da empresa.

Não foram informados os números setor a setor, mas a empresa explicou que 12.500 das demissões vão acontecer na divisão da Nokia, entre trabalhadores de escritório e de fÁbrica. Enquanto a notícia de tantas demissões é recebida com tristeza para quem vai para a rua, a bolsa de valores mostrou-se animada com a situação e as ações da Microsoft começaram a subir em alta velocidade desde os primeiros rumores dos cortes.

O número de 18.000 funcionÁrios mandados embora vem como uma surpresa, mas o fato das demissões existirem, não. Além dos rumores que jÁ vinham se formando, Satya Nadella praticamente anunciou que elas ocorreriam quando falou em carta enviada aos funcionÁrios sobre seus planos de reestruturar a empresa e dar ampla ênfase aos setores de dispositivos móveis e da nuvem.

Assuntos
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?