"O Jogo Que o Tempo Esqueceu" é o game indie que levou 13 anos para ser feito


Nós gostamos de tirar sarro de games como Duke Nukem: Forever, e seus 14 anos entre o anúncio e o lançamento, ou mesmo reclamar do ciclo de praticamente dez anos para novos games da série Diablo. Mas que tal um game feito por apenas uma pessoa, e que precisou de 13 anos para ser finalizado? Esta é a saga de The Game That Time Forgot, algo equivalente ao "O Jogo que o Tempo Esqueceu", em tradução livre.

Mais do que um game, TGTTF (pega essa sigla!) é a jornada de um garoto vislumbrado com o mundo dos games que, da maneira mais difícil, aprendeu todas as dificuldades de criar um jogo. Adam Butcher começou o desenvolvimento do game quando ainda tinha 14 anos, em 2001, e finalizou apenas agora, nos idos de seus 27 anos. Recomendo assistir este vídeo por vÁrios motivos, mas o meu favorito é a seleção de todos os erros cometidos por Butcher que resultaram neste ciclo incrivelmente longo de criação do jogo. Infelizmente, o vídeo estÁ disponível apenas em inglês.

Mesmo com todos os anos e dificuldades para criar, e o resultado estar longe de ser perfeito ou potencialmente agradar todo mundo - inclusive ao próprio "Butcher de 27 anos" - o criador publicou The Game That Time Forgot porque, no fundo, ele adora este jogo. Afinal, apesar de todos os seus problemas, é o jogo que ele sempre quis fazer.

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?