Jogadores enfrentam acusações na Justiça pelo uso de trapaças em jogo online

Três jogadores cheaters japoneses, dois com 17 e um com 18 anos, estão enfrentando problemas muito mais sérios que um simples banimento. A Nexon, companhia que distribui o game Sudden Attack, onde as trapaças ocorreram, levou os três à Justiça sob a acusação de "obstrução de negócios".

Segundo o entendimento da empresa, a prÁtica dos jogadores compromete a experiência do jogo e isso prejudica o desempenho do game enquanto produto. A Nexon acusa os jogadores de usarem as ferramentas de trapaças repetidas vezes e de distribui-las para outros. O vídeo acima mostra um exemplo de cheat realizado em Sudden Attack, mas não foi divulgado qual foi o método específico usado pelos jogadores para trapacear.

Apesar da briga se passar do outro lado do planeta, esse tipo de situação abre um precedente perigoso na Justiça que outras empresas podem querer repetir. A acusação da Nexon é uma tentativa de isentar a si mesma da responsabilidade de impedir as trapaças, além de fazer dos três um exemplo para coibir, através do medo, outros jogadores a não trapacear. Via Kotaku.

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O novo visual do Xbox Serie X