[Rumor] AMD está prestes a lançar o Hawaii XTX, chip da futura topo de linha R9 295X

[+update]:  O site BlackHoleTech publicou a informação de que fontes "familiares com o assunto" desmentiram a existência do chip Hawaii XTX, com mais unidades de processamento. Porém, isto não significa que não haverÁ uma R9 295X: os rumores sobre esta placa seguem a todo o vapor.

O chip topo de linha das GPUs "Volcanic Islands" pode estar a caminho

[+texto original]: Desde o lançamento do chip R9 290X, a engenharia reversa utilizada por vÁrios sites levantou a hipótese de que o chip Hawaii XT não seria o topo de linha da AMD. Muitos comparativos e anÁlises do die do chip encontravam indícios que o silício teria sido cortado e que, em teoria, deveria existir uma variante das GPUs Hawaii com mais núcleos de processamento grÁfico.

Conhecida pelo codinome não confirmado Hawaii XTX, diversos sites começaram a vazar a informação que a AMD estÁ prestes a anunciar este novo chip, que irÁ equipar o modelo AMD R9 295X. Esta nova placa farÁ frente aos modelos GTX 780Ti e a GTX Titan Black, da Nvidia. Com 3072 stream processors, ela terÁ a mesma quantidade de núcleos de processamento presentes na AMD Radeon HD 6990 e Nvidia GTX 690, placas dual-GPU da geração passada. Como colocar tantos núcleos em tão pouco espaço? Bom, é por este tipo de coisa que esperamos, com a redução da litografia dos 40nm para 28nm.

Apesar de não haver uma data confirmada para o lançamento, a AMD pode estar esperando pelo anúncio, por parte da Nvidia, de uma possível GeForce GTX 880, para animar ainda mais a concorrência lançado seu modelo na mesma época. Mal podemos esperar.

Via Wccftech e Videocardz

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Qual foi o melhor ano para lançamentos de games?