Ubisoft se declara oficialmente sobre diminuição da performance de Watch Dogs no PC

Depois da polêmica com o MOD que seria capaz de "destravar o real potencial grÁfico" de Watch Dogs, que teria sido escondido pela Ubisoft, a própria distribuidora do game decidiu se declarar sobre o assunto e afirmou que as restrições técnicas foram feitas no código a fim de proteger a "fidelidade visual, estabilidade, performance e qualidade geral do gameplay". Leia abaixo a declaração traduzida, na íntegra.

A equipe de desenvolvimento é completamente dedicada em conseguir o mÁximo de cada plataforma, então a noção de que nós reduziríamos ativamente a qualidade é contrÁrio a tudo que nos propomos a conquistar. Nós testamos e otimizamos nossos jogos para cada plataforma nas quais eles são lançados, lutando para a melhor qualidade possível. A versão PC realmente contém algumas configurações de renderização antigas e não usadas que foram desativadas por vÁrias razões, incluindo possíveis impactos na fidelidade visual, estabilidade, performance e qualidade geral do gameplay. Modders geralmente são jogadores criativos e apaixonados e, enquanto apreciamos seu entusiasmo, o MOD em questão (que usa essas configurações antigas) subjetivamente melhora a fidelidade visual do game em algumas situações, mas pode também ter vÁrios impactos negativos. Eles vão de problemas na performance à dificuldade em ler o ambiente para poder apreciar o gameplay, a potencialmente fazer o jogo menos agradÁvel ou até instÁvel.

Obrigado por jogar Watch Dogs e continue seguro nas ruas malvadas de Chicago

A versão original da declaração, não traduzida, estÁ disponível no site oficial da Ubisoft.

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?