Americano constrói seu próprio celular, o PiPhone, com US$158,00

Por que comprar um celular se você pode construir um, certo? Ou ao menos tentar. Essa foi a ideia do americano David Hunt. Ele criou seu próprio aparelho e o batizou de PiPhone. O gadget foi criado a partir de um microcomputador Raspberry Pi  modelo B e Hunt estima que o valor gasto tenha ficado na casa de US$ 158,00.

O PiPhone, porém, é limitado. Ele só faz chamadas e envia SMS – e é só isso o que os mais tradicionais querem em um aparelho. Nada de acesso à internet. Rodando uma versão especial do Linux chamada Raspbian, o celular teve os controles touch programados pela linguagem Python.

A lista de componentes inclui, além do microcomputador de US$40,00, a touchscreen piTFT de 320x240 (US$35,00), uma bateria de 2500mAh LiPo (US$15,00), um módulo de cartão SIM GSM/GPRS (US$48,00), um conversor DC-DC 3,3V – 5V, 1ª (US$10,00) e mais cabos e outras peças (US$10,00). De acordo com Hunt, o aparelho é apenas um experimento e serÁ desmontado em breve. Veja o gadget em funcionamento abaixo.

Via Ars Technica

Assuntos
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?